Novos Indicadores Ethos-MM360 para Promoção da Equidade de Gênero estão disponíveis para sugestões em consulta pública

Com a proposta de ajudar as empresas a mensurar, orientar e estimular a promoção da equidade de gênero e empoderamento feminino nas instituições, o Movimento Empresarial pelo Desenvolvimento Econômico da Mulher (MM360) desenvolveu, em conjunto com o Instituto Ethos de Empresas e Responsabilidade Social, os Indicadores Ethos-MM360 para Promoção da Equidade de Gênero.

A elaboração dos indicadores contou com o envolvimento das empresas do Movimento Mulher 360 e da equipe do Ethos, assim como das especialistas Adriana Carvalho, da ONU Mulheres, e Regina Madalozzo, do Insper.

Agora, tendo em vista que o processo de elaboração dos indicadores é participativo, contempla consultas também a especialistas, empresas e demais interessados em contribuir para sua elaboração. Por isso, foi aberta uma consulta pública – disponível até o dia 14 de agosto (clique aqui) – para garantir que seu conteúdo represente diferentes perspectivas para a gestão de questões de gênero no país.

Nessa consulta, os interessados têm a oportunidade de responder perguntas relacionadas ao conteúdo, estrutura e funcionalidade dos novos indicadores, como também comentá-los individualmente. Após essa etapa, as sugestões serão analisadas e incorporadas nos indicadores, que serão apresentados durante a Conferência Ethos, no dia 22 de setembro, às 15h. O lançamento oficial será em novembro.

Os indicadores são o primeiro produto concreto do MM360, que irá se transformar, em breve, numa associação. O movimento teve início em 2010 com mais de 40 empresas signatárias e dez associações. Agora, passa a ser mantido por meio de alianças com as empresas Bombril, CocaCola, DelRio, Johnson&Johnson, Cargill, Diageo, Unilever, Natura, Pepsico, Santander, Nestlé e Walmart. A proposta da associação é  contribuir para o empoderamento econômico da mulher brasileira em uma visão de 360 graus, por meio do fomento, sistematização e difusão de avanços em políticas e práticas empresariais, engajamento da comunidade empresarial brasileira e com a sociedade em geral.

Margareth Goldenberg, consultora estratégica do Movimento Mulher 360, explica que os indicadores estão relacionados aos sete Princípios de Empoderamento das Mulheres da ONU, utilizados mundialmente, o que facilita, inclusive, a comparação de dados. Entre eles estão: “estabelecer liderança corporativa sensível à equidade de gênero, no mais alto nível” e “apoiar empreendedorismo de mulheres e promover políticas de empoderamento das mulheres através das cadeias de suprimentos e marketing”.

Segundo Margareth, a proposta dos indicadores é, além de estimular a promoção da diversidade com foco em equidade de gênero, oferecer orientação sobre como incorporar a questão de gênero nas práticas e estratégias de negócio das empresas e identificar boas que poderão ser replicadas por outras empresas.

Os indicadores darão um direcionamento para ajudar na implementação das práticas que são necessárias para os avanços das questões de gênero dentro das empresas. O que percebermos é uma diversidade de iniciativas e do estágio em que cada uma está. O MM360 irá propor essa troca e ajudar a encontrar os caminhos. Acreditamos que os indicadores são motivadores para as práticas do empoderamento feminino”, destaca.

Caio Magri, diretor do Instituto Ethos, ressalta ainda a função pedagógica dos indicadores. “A empresa, ao começar a responder o questionário passa a questionar as políticas internas e a buscar outros rumos. Além disso, as empresas que preencherem os indicadores poderão criar um plano de ação para aperfeiçoar suas práricas e andar em direção a indicadores mais adequados. Ou seja, trata-se de uma ferramenta de gestão, conhecimento e de ação”, acredita.

Os Indicadores Ethos-MM360 para Promoção da Equidade de Gênero seguem a mesma ferramenta de autodiagnostico e a metodologia dos Indicadores Ethos. Composta por um questionário (publicação PDF) e um sistema on-line, oferecerá as empresas relatórios e funcionalidades que apoiam a gestão do tema pelas empresas e estimula que estas deem transparência às suas práticas. Assim, os novos indicadores serão incorporados aos demais já existentes, com esse olhar focado na questão de gênero.

Além do questionário propriamente dito, as empresas terão, com a versão final dos Indicadores Ethos-MM360, um glossário com a definição dos principais termos, e instruções para apoiá-las na evidenciação das práticas.

O diretor do Instituto Ethos destaca ainda a relevância do tema para as empresas, frente ao cenário atual. “Na pesquisa que fazemos sobre o Perfil Racial, de Gênero, Social e Geracional das 500 maiores empresas, percebemos que, nos últimos 15 anos, a temática de gênero tem crescido como uma política nas empresas, mas não na velocidade e na intensidade necessária. Temos ainda alguns desafios, principalmente relacionados ao ingresso das mulheres na alta e média liderança e nos conselhos”, comenta.

Fonte: GIFE

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: