1ª Festa Literária da Cidade Tiradentes debate negritude, feminismo e periferia

O evento, que ocorre de 11 a 19 de setembro, na zona leste de São Paulo, trás programação com mais de 70 atividades

Poetisa Tula Pilar participa de encontro no dia 17, às 14h, na Casa Ser 

Com mais de 70 atividades, a 1ª Festa Literária de Cidade Tiradentes, distrito da zona leste de São Paulo, começa nesta sexta-feira (11) com programação livre em vários espaços, como centros culturais, escolas, feiras, parques, praças e o terminal de ônibus local.

Durante a festa, que vai até o dia 19 de setembro, acontece o 1º Seminário de Literatura Negra, com palestras sobre a vida e obra da maranhense Maria Firmina dos Reis e do baiano Luís Gama, pioneiros da literatura negra no Brasil.

Ao longo do evento serão realizados seminários sobre cultura, contações de histórias, recitações de poemas, apresentações musicais, oficinas de repente e cordel, exposições, encontros com escritores, intervenções artísticas e feiras de troca de livros.

Debates sobre literatura LGBT, cultura jovem, literatura na periferia e sobre políticas públicas para o desenvolvimento da leitura complementam o leque de atividades.

Entre os encontros com autores promovidos pelo evento, importantes nomes da literatura brasileira contemporânea estarão presentes como Luiz Ruffato, Ferréz, André Vianco, Sérgio Vaz, Heloisa Prieto, Illan Brenman, Rodrigo Ciríaco, Claudia Canto, Dario Neto, Patrícia Candido, Tula Pilar, Eduardo de Assis Duarte, Miriam Alves, Esmeralda, Ligia Ferreira, Cuti, Oubi entre outros.

Fotos: Divulgação

O Centro de Formação Cultural Cidade Tiradentes (CFCCT) recebe 25 atividades da Festa Literária, incluindo a abertura, com a participação de escritores, cordelistas, repentistas, articuladores culturais e autoridades municipais.

Além do CFCCT, a Festa Literária também ocupa outros equipamentos públicos do bairro, como o Centro Cultural Arte em Construção, do Instituto Pombas Urbanas; Centros Educacionais Unificados (CEUs); unidades educacionais municipais; Centros para Juventude (CJ); Centros para Crianças e Adolescentes (CCAs); Casa de Cultura; Fábrica de Cultura; Movimento Cultural da Cidade Tiradentes (MOCUTI); além das bibliotecas públicas e comunitárias.

Para conferir a programação completa clique aqui.

Fonte: Brasil de Fato

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: