Documento critica ajuste econômico e aponta subsídios para Brasil sair da crise política

Motivados pela defesa da democracia, da legalidade, dos direitos sociais, civis e pela mudança imediata dos rumos da política econômica do Brasil, mais de 100 especialistas, entre economistas, cientistas políticos, urbanistas, educadores e sanitaristas, elaboraram, a partir de debates em seis reuniões, o documento “Por um Brasil justo e democrático”.

marcio-de-marco-e-marcelo-vinci
O evento de divulgação do documento, em São Paulo, também foi acompanhado por cerca de 2 mil pessoas através da transmissão ao vivo pela tevêFPA

O documento propõe medidas concretas e urgentes para o país sair da crise e discute a elaboração de um projeto de desenvolvimento nacional, voltado para a formação de uma sociedade civilizada, democrática e socialmente justa. Ressalta ainda a importância da classe trabalhadora ter voz ativa e os seus interesses considerados no processo de desenvolvimento econômico.

O material possui em torno de 140 páginas e é dividido em dois volumes:

Mudar para sair da crise – Alternativas para o Brasil voltar a crescer (Vol. I)

O Brasil que queremos – Subsídios para um projeto de desenvolvimento nacional (Vol. II).

Na análise do cenário brasileiro atual, os especialistas criticam a opção macroeconômica adotada em 2015 pelo governo. Segundo eles, o ajuste fiscal em curso caminha na direção oposta à construção de um país menos desigual e ameaça a cidadania social, conquistada pela Constituição Federal de 1988 e considerada um marco do processo civilizatório do país.

Ainda de acordo com o documento, o ajuste recessivo amplia o desemprego. “Na prática, o ajuste recessivo está promovendo uma pesada desvalorização do salário real e uma veloz ampliação do desemprego, objetivo confesso de diversos economistas liberais como mecanismo de controle da inflação”.

Dentre as mudanças no cenário macroeconômico do país sugeridas pelos especialistas estão: a redução da taxa de juros básicos da economia, uma nova estruturação dos juros privados, a revisão da política de isenções fiscais e o combate à sonegação de impostos.

brasil-debate

Por se tratar de um documento em construção, muitos temas relevantes não foram contemplados e espera-se que o material sirva como ponto de partida para debates, críticas e novas contribuições.

Sua elaboração surgiu por iniciativa conjunta do Brasil Debate, Centro Internacional Celso Furtado de Políticas Para o Desenvolvimento, Fundação Perseu Abramo, Fórum 21, Plataforma Política Social, Le Monde Diplomatique Brasil e da Rede Desenvolvimentista.

Fonte: Adital 

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: