Fundação BB divulga edital para reaplicação de tecnologias sociais no Programa Minha Casa Minha Vida

Inscrições estão abertas até 30 de junho; Fundação BB vai investir R$ 20 milhões na reaplicação de cinco metodologias em 124 empreendimentos do Programa Minha Casa Minha Vida 

A iniciativa “Moradia Urbana com Tecnologias Sociais”, da Fundação Banco do Brasil, está com edital de credenciamento aberto para a seleção de entidades interessadas em reaplicar tecnologias sociais em empreendimentos imobiliários do programa Minha Casa Minha Vida (MCMV). Os interessados têm até o dia 30 de junho para realizar as inscrições. Clique aqui para acessar o edital.

A reaplicação das tecnologias sociais acontecerá em 124 empreendimentos imobiliários destinados a famílias com renda mensal de até R$ 1.600 atendidas pelo Programa Nacional de Habitação Urbana (PNHU).

Com investimento social de R$ 20 milhões da Fundação BB, a iniciativa vai trabalhar os diversos aspectos entre os moradores atendidos pelo programa – conscientização para a gestão correta dos resíduos sólidos; implantação de bibliotecas públicas para a democratização do acesso à cultura; reaproveitamento de material reciclável para a geração de renda e o incentivo da produção agroecológica com o propósito de trazer a segurança alimentarAs metodologias serão moldadas conforme a realidade e a escolha de cada comunidade.

As vagas abertas são para os estados do Acre, Amazonas, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Pará, Paraná, Piauí, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro, Rondônia, Sergipe, São Paulo e Tocantins.  Clique aqui e veja a lista dos empreendimentos         , separados por estado e municípios.

A tecnologia social “Transformando realidades por meio da mobilização e organização comunitária” será a primeira a ser reaplicada em todos os empreendimentos. Ela promove o empoderamento dos moradores por meio da educação financeira e fortalecimento do diálogo com o poder público.

As cinco soluções são reconhecidas e certificadas pelo Prêmio Fundação Banco do Brasil de Tecnologia Social – “Bibliotecas Comunitárias Vaga Lume”; “Gestão Comunitária de Resíduos Orgânicos e Agricultura Urbana – Revolução dos Baldinhos”; “Produção Agroecológica de Alimentos em Meio Urbano”; “Rede Criar – Joias Sustentáveis na Ilha das Flores”. Elas compõem o Banco de Tecnologias Sociais da instituição.

Posteriormente, os moradores vão escolher entre as outras quatro disponíveis, a segunda tecnologia social a ser reaplicada.

Fonte: Fundação BB

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: